Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

Amorim lamenta ausência de observadores da UE na eleição na Venezuela

O assessor especial de relações internacionais da Presidência da República, Celso Amorim, disse à coluna que lamenta a ausência dos observadores da União Europeia nas eleição presidencial da Venezuela, marcada paras 28 de julho.

No final de maio, a ditadura de Nicolas Maduro cancelou o convite para que os europeus monitorem o pleito, alegando que a UE não é bem-vinda enquanto mantém sanções econômicas contra a Venezuela.

Amorim tentou convencer os europeus a levantarem as sanções e enviarem representantes, mas não obteve sucesso. “Não sei se é motivo ou pretexto, mas lamento essa ausência”, disse.



Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!