Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

Avanço no caso da vacina pode deixar Bolsonaro mais perto de ser réu

Apesar de não mirar diretamente Jair Bolsonaro, o avanço das investigações sobre falsificações em cartões de vacinação pode deixar o ex-presidente mais perto do banco dos réus. Nos próximos dias, o procurador-geral da República, Paulo Gonet, deve analisar o relatório da Polícia Federal sobre a operação deflagrada nesta quinta-feira (4). A depender do conteúdo, Gonet poderá apresentar denúncia contra Bolsonaro perante o STF (Supremo Tribunal Federal).

O ex-presidente é investigado em uma petição que tramita no tribunal. Se for apresentada denúncia, e se os ministros da Corte concordarem com ela, o caso será transformado em ação penal; e Bolsonaro, em réu.

Gonet está de férias. O recesso do Judiciário vai até o fim de julho. Ainda assim, ele pode, teoricamente, analisar as novas informações da PF e, se considerar necessário, apresentar denúncia contra o ex-presidente ainda neste mês.



Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!