Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

Brasileiraé presa por morte de ex nos EUA; defesa alega agressão

Mulher alegou que era agredida e que Renato foi até a casa dela com uma faca para ameaçá-la. Na versão dada à polícia, Juscelene contou que conseguiu tomar a faca dele e o golpeou no peito para se defender.

Após ser ferido, Renato correu para fora do apartamento e pediu ajuda a um vizinho. O homem entrou no carro do brasileiro e assumiu a direção para levá-lo ao hospital. À polícia, ele informou que Juscelene apareceu poucos segundos depois e também entrou no carro para acompanhá-los. No caminho, a colisão aconteceu.

Segundo [nome da testemunha], enquanto estavam a caminho do hospital, Chaves parou de responder, de respirar, ficou pálido e com os lábios azulados. Guedes ficou gritando pelo nome de Chaves e pediu para que [nome da testemunha] não a entregasse à polícia, porque seria presa.
Trecho da ocorrência policial à qual o UOL teve acesso

“Fui eu”, afirmou a mulher a juiz. Ouvida em no Tribunal do Condado de Barnstable, ela assumiu a culpa e teve a prisão mantida por assassinato e agressão com arma perigosa.

As circunstâncias da batida não foram divulgadas. Nenhuma outra pessoa ficou ferida no acidente, segundo a polícia. Juscelene não teve direito a fiança porque está no país ilegalmente, informou a imprensa local.

Renato chegou a ser socorrido por uma equipe de resgate ao hospital, mas morreu no local. Ele trabalhava como garçom em uma churrascaria brasileira.



Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!