Cláudio Castro, do Rio, reforça apoio a Bolsonaro: “sou apoiador fiel”

Escrito por   em 03/10/2022

Cláudio Castro foi reeleito no domingo (2.out) com 58,67% dos votos válidos | Reprodução

Rio – O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), reforçou seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta 2ª feira (3.out). Em entrevista ao SBT, ele também ressaltou que, apesar das divergências, seu governo seguirá dialogando com diferentes atores políticos, independentemente de quem esteja à frente do Poder Executivo.

“Aqui no Rio a gente deu exemplo disso, o André Ceciliano, que é do PT e apoiador fiel do ex-presidente Lula, é presidente da Assembleia Legislativa, e eu sou apoiador fiel do presidente Bolsonaro. A gente trabalhou muito bem juntos, mostrando que na hora da eleição cada um tem suas preferências, mas na hora de governar a gente tem a capacidade de deixar isso de lado”, disse.

Com o resultado do primeiro turno consolidando Lula (PT) e Bolsonaro na disputa à Presidência da República, os dois candidatos devem buscar agora apoio nos estados para chegarem ao Palácio do Planalto.

Cláudio Castro foi reeleito no domingo (2.out) com 58,67% dos votos válidos. Marcelo Freixo (PSB) ficou na segunda colocação com 27,38%, seguido por Rodrigo Neves (PDT) que teve 8% e Paulo Ganime (Novo) com 5,31%.

Em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país, o governador Romeu Zema (Novo), também reeleito, descartou apoio ao PT no segundo turno das eleições presidenciais. Em entrevista à rádio Itaiaia, Zema afirmou que irá discutir com seu partido sobre quem irá apoiar na disputa nacional, mas garantiu que não ajudará o partido do ex-presidente Lula.

“Isso vai ser definido provavelmente amanhã ainda, preciso escutar o partido. Já que estou filiado ao partido. Mas, no PT eu te garanto que eu não dou meu apoio e vamos estar tendo essa definição amanhã”, disse.

“Caso venhamos apoiar o presidente Bolsonaro queremos saber o que ele tem de bom para Minas Gerais, temos problemas sérios em Minas, como a BR-262 e a BR-381, cuja duplicação está indo em ritmo lento. Mas, apoiar o PT está fora de cogitação”, afirmou Zema.

Romeu Zema (Novo) foi reeleito governador de Minas Gerais em primeiro turno com 56,18% dos votos válidos. Alexandre Kalil (PSD) foi o segundo, seguido por Carlos Viana (PL), Marcus Pestana (PSDB), Lorene Figueiredo (PSol).

Deixe seu comentário:

faixa atual

Título

Artista

pt_BRPortuguese
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!