Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

Com Bolsonaro, é preciso criar 8º pecado, o do capital

A gula de Bolsonaro era muito grande pelo poder, e por querer permanecer nele mesmo tendo sido derrotado pela maioria do eleitorado brasileiro. Todas essas investigações vão revelando que ela também alcançava o capital. É muito própria para essa família, que enriqueceu às margens do Estado, a gula pela pecúnia. Josias de Souza, colunista do UOL

Para Josias, Mauro Cid não exercia influência tão decisiva nos rumos de Jair Bolsonaro, como havia apontado o ex-ministro da Casa Civil Ciro Nogueira. O colunista ressaltou que até militares do alto escalão se renderam às ordens do ex-presidente.

Todo mundo que ousou apontar algum tipo de tumor relacionado à gestão Bolsonaro foi tratado por ele próprio e pelos bolsonaristas como um câncer. Mauro Cid se tornou um câncer depois que se tornou um delator. Antes, era o faz-tudo do Bolsonaro.

Havia, antes da posse do Bolsonaro, a pretensão dos generais que o cercavam de que eles conseguiram moderá-lo. O que aconteceu foi o oposto: os generais foram bolsonarizados. Havia uma tropa de generais muito bem preparados, inclusive com verba do contribuinte, submetidos às ordens mais bizarras. Bolsonaro tentou virar a mesa, e vários generais o seguiram nesse propósito.

A esta altura, dizer que um reles tenente-coronel como o Mauro Cid ditava os caminhos do Bolsonaro é uma conversa mole. Josias de Souza, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.



Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!