‘Eles tratam como se a família fosse um cachorro’, dispara amiga de Raquel Antunes

Escrito por   em 22/04/2022

Raquel Antunes da Silva, de 11 anos

Uma amiga da família de Raquel Antunes, de 11 anos, que morreu após sofrer uma hemorragia interna depois de perder uma das pernas esmagadas entre um carro alegórico e um poste disse nesta sexta-feira (22), que, até o momento, os parentes não tiveram qualquer tipo de assistência.

Aline Motta acompanha os familiares no Hospital Municipal Souza Aguiar: “Eu acho desumano ninguém aparecer. Eles tratam como se a família fosse um cachorro. Gente, estamos sofrendo! É uma perda! Ela não perdeu uma perna, ela perdeu uma vida!”

Após falar com a imprensa, a mulher passou mal e desmaiou.

A mãe de Raquel, Marcela Antunes, também passou mal e está sendo atendida.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, fez uma publicação nas redes sociais a respeito da morte de Raquel Antunes, de 11 anos.

Paes escreveu que a morte da criança, que teve as pernas esmagadas entre um carro alegórico e um poste, “deixa um grande sentimento de tristeza”. Ainda segundo ele, a Prefeitura irá acompanhar a investigação.

O carro alegórico da escola de samba Em Cima da Hora, envolvido no caso, foi apreendido e será periciado.

Deixe seu comentário:

faixa atual

Título

Artista

pt_BRPortuguese
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!