Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

EUA afirma que Julian Assange colocou ‘pessoas em perigo’

Os Estados Unidos reiteraram que o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, que recuperou a liberdade nesta quarta-feira (26) após um acordo com a Justiça americana, colocou as pessoas em “perigo” ao divulgar documentos confidenciais na década de 2010.

“Os documentos publicados forneciam informações que identificavam as pessoas em contato com o Departamento de Estado, que incluíam líderes da oposição, ativistas de direitos humanos de todo o mundo, cujas posições ficaram em perigo de alguma forma por sua revelação pública”, declarou a jornalistas o porta-voz do Departamento de Estado, Matthew Miller. 

“Também afetou a capacidade do pessoal dos Estados Unidos de estabelecer relações e manter conversas francas”, acrescentou Miller.



Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!