Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

Michael Jackson devia R$ 2,7 bilhões quando morreu – 28/06/2024 – Ilustrada

Michael Jackson deixou uma dívida de US$ 500 milhões (aproximadamente R$ 2,7 bilhões) quando morreu, em 2009. A informação consta de um processo judicial sobre o espólio do artista.

Ele devia cerca de US$ 40 milhões à empresa A.E.G., responsável por promover a turnê This is It.

Ele morreu aos 50 anos, quando estava prestes a fazer uma série de shows para celebrar sua carreira após 12 anos longe dos palcos.

Segundo o processo, obtido pela revista People, 65 credores fizeram reclamações contra o cantor após sua morte, algumas das quais resultaram em ações judiciais. As dívidas estariam, inclusive, acumulando juros a taxas extremamente altas.

Os administradores do espólio do artista apresentou os documentos judiciais como um pedido para autorizar o pagamento de cerca de US$ 3,5 milhões a vários escritórios de advocacia por seu trabalho no segundo semestre de 2018.

No processo judicial, os executores do espolio dizem que eliminaram a dívida do patrimônio e que quase todas as reivindicações e litígios dos credores foram resolvidos em 2018.

Jackson ganhou centenas de milhões de dólares durante as décadas de 1980 e 1990 graças ao sucesso comercial de seus discos. Apesar disso, ele contraiu dívidas para manter seu estilo de vida luxuoso e era conhecido pelos grandes gastos financeiros.

Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!