PDT, de Ciro, declara apoio a Lula no segundo turno: ‘Candidatura 12+1’

Escrito por   em 04/10/2022

Carlos Lupi é presidente nacional do PDT

Partido Democrático Trabalhista (PDT) declarou apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno das eleições 2022. A confirmação da aliança foi feita nesta terça-feira, 4, pelo presidente da Executiva Nacional da legenda, Carlos Lupi, após reunião entre lideranças da sigla, incluindo os presidentes estaduais, deputados e senadores com mandato e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que foi adversário de Lula no primeiro turno do pleito. Segundo ele, a decisão foi unânime entre os membros da Executiva, que escolheram apoiar a candidatura “mais próxima”, que é a do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Chamo de candidatura 12+1. Foi decisão unânime”, ponderou Lupi, durante coletiva de imprensa. Quatro propostas do PDT foram enumeradas como essenciais para viabilizar o apoio a Lula no segundo turno, sendo que três já haviam sido previamente apresentadas: a inclusão da Renda Mínima, que abraça uma proposta de Eduardo Suplicy (PT); a renegociação de dívidas do SPC e de pequenas empresas; e a prioridade de escolas de ensino integral. A quarta exigência, também aprovada pelas lideranças pedetistas nesta terça, é o Código Nacional do Trabalho, “com a defesa dos direitos dos trabalhadores e a revogação de tudo que tenha prejudicado o trabalhador brasileiro”, antecipou Lupi.

 

*Mais informações em instantes

Deixe seu comentário:

faixa atual

Título

Artista

pt_BRPortuguese
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!