Ícone do Instagram FIQUE POR DENTRO

Protestos e confrontos são registrados após eleições na França

A frente de esquerda se uniu à frente de centro-direita do presidente Emmanuel Macron, a Agrupação Nacional, formando assim a Frente Republicana. A união de forças se deu por conta do sucesso da extrema direita no primeiro turno.

Esquerda e centro-direita firmaram mais de 200 pactos locais, retirando candidatos com menos votos. O objetivo era impedir uma vitória esmagadora da extrema direita de Marine Le Pen nas urnas.

As projeções indicam que a coalização de esquerda deve conquistar entre 172 e 215 assentos no parlamento francês. No total são 577 cadeiras.

O líder da esquerda na França, Jean Luc Mélenchon, disse que a nova frente popular está pronta para governar. “Nova frente popular vai respeitar o apoio dado aos seus candidatos”, declarou Mélenchon.



Envie sua mensagem: (21) 96965-4710

COMPARTILHE

plugins premium WordPress
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!