TCU condena ex-dirigentes da Petrobras e de construtoras por fraude em obras do Comperj

Escrito por   em 29/09/2022

Foi determinado o ressarcimento de mais de R$ 380 milhões de reais à Petrobras por conta de fraudes e irregularidades no Comperj

Ex-diretores da Petrobras foram condenados a ressarcir os cofres públicos e a empresa por causa de fraudes e irregularidades no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). A obra foi idealizada no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 2004, e até hoje não foi finalizada. O Tribunal de Contas da União (TCU) detectou um sobrepreço e superfaturamento no processo envolvendo a construção de uma central de desenvolvimento do Comperj. Se trata de um contrato de mais de R$ 3 bilhões marcado por irregularidades. Foram condenados os ex-dirigentes Renato Duque, Paulo Roberto Costa, que morreu recentemente, e o empreiteiro Marcelo Odebrecht. O TCU também aplicou multas individuais de R$ 60 milhões a pessoas físicas e jurídicas. Também foi determinado o ressarcimento de mais de R$ 380 milhões de reais à Petrobras, que foi tida como vítima desses malfeitos com o dinheiro público. A decisão desta quarta-feira, 28, ainda é passível de recursos da defesa.

 

Deixe seu comentário:

faixa atual

Título

Artista

pt_BRPortuguese
Iniciar Conversa
Oi, posso ajudar?
Olá! Obrigado por ouvir a Rádio Graça e Paz, qualquer coisa é só chamar!